Colleen Hoover

Resenha #344 Layla

Por Raquel em 23 jan • 2021
Aprilynne Pike

Resenha #341 Asas

Por Barbara em 09 jan • 2021
22dez • 20 Amy Harmon, Fantasia, Ficção, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #339 The Bird and The Sword

Título: The Bird and The Sword
Série: The Bird and The Sword Chronicles
Ordem: 1
Autor: Amy Harmon
Editora: Independente
Gênero: Fantasia/ Literatura Estrangeira/ Romance
Páginas: 338
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Engula, Filha, coloque para dentro essas palavras que paíram em
seus lábios. Tranque-as profundamente dentro de sua alma,
esconda-as até elas terem tempo para crescer. Feche sua boca
sobre o poder, não amaldiçoe, não cure, até chegar a hora. Você
não falará e não cantará, você clamará pelo céu ou o inferno.
Você aprenderá e você prosperará. Silêncio, filha. Mantenha-se
viva.
O dia em que minha mãe foi morta, ela disse ao meu pai que eu não falaria novamente, e ela lhe disse que se eu morresse, ele morreria também. Em seguida, ela previu que o rei trocaria sua alma e perderia seu único filho para o céu.
Meu pai deseja o trono, e ele está esperando nas sombras que todas as palavras de minha mãe venham a acontecer. Ele quer
desesperadamente ser rei, e eu só quero ser livre.
Mas a liberdade exigirá uma fuga, e eu sou uma prisioneira da maldição de minha mãe e da ganância de meu pai. Eu não posso falar ou emitir um som, e eu não posso empunhar uma espada ou enganar um rei. Em uma terra repleta de encantamento, o amor pode ser a única mágica que resta, e quem poderia amar… um pássaro?

Hey pessoal! É dia de Amy Harmon no blog, e Amy Harmon escrevendo fantasia, então preparem-se, porque essa história merece sua atenção e ser sua próxima leitura! Vamos lá?

The Bird and The Sword é o primeiro livro da série The Bird and The Sword Chronicles. Aqui nós vamos conhecer o reino de Jeru, inicialmente ele é governado por Zoltev, um rei muito cruel e poderoso, que fez com que seu maior objetivo de vida fosse destruir todas as pessoas que tivessem habilidades especiais.

“O medo faz de nós todos fracos”

No universo que Amy Harmon criou, existem quatro habilidades especiais com as quais as pessoas poderiam nascer dotadas, são elas: Os Tellers, aqueles que tem o dom de falar algo e isso acontecer futuramente, como profetas; Os Spinners, pessoas capazes de criar coisas valiosas com as mãos, como o mais puro ouro; Os Healers, os que possuíam o dom da cura; e os Changers, que eram os que conseguiam se transformar em outras coisas como animais.

Aqueles que não tinham dom algum passaram a temer os que o possuíam e a persegui-los, ao ponto de ter um dom ser algo considerado errado e até levar a pessoa a morte. É nesse momento da história que conhecemos Lark, uma criança, filha de pais influentes e importantes para o reino, porém mesmo com toda a influência, isso não impede que sua mãe, Lady Meshara, seja assassinada na frente da filha e do marido quando o rei Zoltev a acusa de ser uma dotada. Essa morte é um divisor de águas na vida de Lark, por ordens de sua mãe e para proteger o próprio dom, nossa mocinha para de falar.

Os anos passam e o rei mudou, Lark agora é uma jovem lady muda, que vive nas terras de seu pai e afastada de todas as questões relacionadas ao trono. Porém uma guerra está em andamento, o reino de Jeru está ameaçado e o novo rei Tiras cobra a participação do exército da família de Lark na guerra, como garantia de que esses homens estariam lutando em favor do país, ele leva lady Lark como refém para seu palácio.

É agora que as coisas se complicam e nossa mocinha precisa enfrentar diversos desafios, tantos os relacionados a si mesma e seu dom, quanto aos mistérios que percorrem o palácio e principalmente o rei.

“As palavras podem ser terríveis quando a verdade é indesejável”

Galera, esse livro é sensacional! É uma história muito bem construída e completa em si mesma, com um início emocionante, meio de tirar o fôlego e o final fechando com chave de ouro. A Amy conseguiu criar um novo mundo com uma mitologia muito interessante, eu gostei muito de como ela explica como cada pessoa e dom surgiu, mas isso não é tudo! O livro é realmente completo, com mistérios, traições e intrigas, romance para nos deixar com o coração quentinho, personagens fortes e reviravoltas sensacionais.

A Lark é aparentemente frágil, mas logo percebemos sua força e coragem, uma mulher que não podia verbalizar as palavras e ainda assim conseguia dizer e fazer tanto. Ela me emocionou. O Tiras tem tudo o que eu mais gosto em personagens masculinos, sério ele me ganhou logo quando apareceu rsrs. E nem vou me estender falando dos secundários, sério, essa trama foi muito bem escrita.

Vou finalizar pedindo que vocês leiam esse livro, eu terminei pensando que se fosse escrever uma história de fantasia, seria algo assim. É emocionante, criativo e muito bem escrito (sim, eu sei que já falei isso diversas vezes rsrs). Leiam!

Confira a resenha em vídeo!

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário