adulto

Resenha #333 Method

Por Barbara em 10 nov • 2020
27out • 20 Colleen Hoover, lançamento, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #332 Heart Bones

Título: Heart Bones
Autor: Colleen Hoover
Editora: Hoover Ink
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira
Páginas: 338
Ano: 2020
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Vida e um sobrenome sombrio são as únicas duas coisas que os pais de Beyah lhe deram. Forçada a trilhar seu próprio caminho sozinha, Beyah está a caminho de coisas maiores e melhores, graças a ninguém além de si mesma.
Com apenas dois curtos meses separando-a do futuro que ela construiu para si mesma e do passado que ela deseja desesperadamente abandonar, uma morte inesperada deixa Beyah sem nenhum lugar para ir durante esse período.
Forçada a chamar seu último recurso, Beyah não tem outra opção a não ser passar o resto de seu verão em uma península no Texas com um pai que ela mal conhece.
O plano de Beyah é manter a cabeça baixa e deixar o verão passar sem problemas, mas seu novo vizinho Samson joga uma chave nesse plano.
Samson e Beyah não têm nada em comum na superfície. Ela vem de uma vida de pobreza e abandono; ele vem de uma família rica e privilegiada.
Mas, uma coisa que eles têm em comum é que ambos são atraídos por coisas tristes.
O que significa que eles são atraídos um pelo outro.
Com uma conexão quase imediata, muito intensa para eles continuarem negando, Beyah e Samson concordam em ficar no final de uma aventura de verão. O que Beyah não percebe é que uma correnteza está chegando e está prestes a arrastar seu coração para o mar.

Esse livro!
Ah, esse livro!

Colleen Hoover está de volta com esse livro que é pra te deixar com o coração na mão, chorar rios e aplaudir de pé. Eu fiz isso nessa exata ordem rs.

O livro conta a história de Beyah, ela mora com a mãe em um trailer, terminou a escola e está prestes a entrar na faculdade com uma bolsa de estudos. A vida dela é muito complicada, o relacionamento com a mãe é ruim, elas vivem em situação de pobreza, e desde cedo nossa mocinha precisou aprender a se virar para se manter viva. A relação com o pai também é distante, por morar em outro estado, ele não é presente na vida da Beyah.

Até que uma tragédia acontece e ela se vê na rua. Sem ter para onde ir, seu único recurso é recorrer ao pai por abrigo até suas aulas começarem. A vida da Beyah dá um giro de 180 graus, enquanto com a mãe ela vivia com muitos poucos recursos, com o pai é tudo totalmente diferente. O pai está casado, sua esposa tem uma filha com idade semelhante da Beyah, e eles são ricos. Sim, muito diferente do que nossa mocinha vivia.

Esse novo ambiente é um choque, mas o choque maior ainda é conhecer Samson, um dos moradores da ilha onde ela vai passar o verão com o pai e sua nova família. De cara ela pode afirmar que ele vem de uma família rica e privilegiada, a casa dele é a mais bonita da região, ele é lindo, misterioso e cheio de segredos, e obviamente a Beyah se identifica rsrsrs, mas tem um porém, ambos não querem um relacionamento.

“Ele não está olhando para a chuva, nem para o oceano, nem para o céu. Ele está olhando para mim.”

Depois de algumas voltas eles topam começar algo casual e com data marcada para acabar. Acabou o verão, acabou o amor. É nessa mesma data que o Samson promete revelar todos os seus segredos para a Beyah. E aí fica a dúvida, esses segredos os separarão ou os unirão?

Esse livro superou as minha expectativas, ele traz uma mensagem tão poderosa e trata de assuntos muito delicados que me deixaram em cima do muro em diversos momentos, sem saber o que pensar ou esperar. Mas como boa escritora que a Colleen é, ela não escolhe o caminho mais fácil. O livro me fez enxergar as diversas vulnerabilidades que as pessoas são expostas e o que elas estão dispostas a fazer para sobreviver. É duro galera.

“O mundo real não funciona sob um sistema simples de certo e errado. Pessoas que nunca tiveram que trocar um pedaço de suas almas apenas para ter comida ou abrigo não conseguem entender a quantidade de decisões erradas que pessoas desesperadas são forçadas a tomar.”

Os segredos da Beyah são revelados aos poucos e cada vez eu só queria abraçar essa menina e socar os pais dela. É muita coisa ruim acontecendo por pura negligência. No caso do Samson… nossa, não sou nem capaz de falar muito, só dizer que chorei até não poder mais rs.

Preciso comentar sobre a relação da Beyah com a Sara, a meia-irmã. A Sara foi um verdadeiro trunfo para o livro, mostrou um novo tipo de relação, criada através das circunstâncias, que trouxe certa leveza para a história e fugiu do clichê das “irmãs da Cinderela”. Amei a Sara e ela foi uma das melhores personagens de suporte que a Colleen criou.

Mas antes que você pense que tudo acaba em tragédia, pode ficar tranquilo que não é bem assim rs. Esse é um livro sobre superação, amor próprio e luta por dignidade, é também sobre perdão, amor e a crença de que coisas boas acontecem quando você é bom.

“- Não esperava terminar o verão com o coração partido.

– Não se preocupe. Corações não têm ossos. Eles não podem realmente quebrar.”

Parabéns Colleen, você arrasou com essa história e eu acredito que cresceram ossos no meu coração, porque ele se partiu, mas em seguida se curou ao finalizar o livro. Obrigada.

Fica aqui a minha indicação, leia o mais rápido que você puder.
Até breve.

Confira a resenha em vídeo

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

4 Comentários

  • Duda
    21 nov 2020

    Eu estou chocada com o nível desse livro. É muito perfeito.

    • Barbara Lima
      Barbara Lima
      21 nov 2020

      Sim! É muito lindo e emocionante <3
      Obrigada por comentar! Beijos!

  • Emily
    17 nov 2020

    Meu Deus, que livro perfeito ❤️