adulto

Resenha #324 Drive

Por Barbara em 28 jul • 2020
18fev • 20 adulto, drama, J R Rogue, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #302 Kiss me like You mean it

Título: Kiss me like You mean it
Autor: J. R. Rogue
Editora: Independente
Páginas: 146
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Dark Romance
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Meu amor é veneno. O beijo dele é o meu. “A primeira vez que ele me viu, eu fui despedaçada, e ele era uma sombra. Se eu tivesse ficado, ele teria desaparecido.” É estranho como é fácil contar nossas histórias aos olhos de um estranho. A verdade sobre Connor Stratford e eu sempre foi uma história triste. Mais de dez anos de perseguição, lágrimas, mentiras, votos e partida. Duas pessoas que nunca se amavam ao mesmo tempo, mas não podiam se deixar ir.

Agora aqui estava eu contando nossa história durante um drinque ao meio-dia em um bar do aeroporto, com meu velho diário na mão. Contando alguma versão da nossa história, de qualquer maneira. Eu o deixei uma vez sem me despedir. Agora eu estava voltando para casa para dar a ele o que ele precisava para seguir em frente. “É importante. É o que você está pensando. ” Eu sabia o que a mensagem dele significava, enviada no meio da noite depois que acordei de um sonho febril. Ele estava finalmente pronto, e eu também. Eu só precisava finalmente lhe dar o beijo que ele implorava. O que significava adeus.

Alerta de livro manipulador na área…

Eu vi comentários sobre esse livro e um dos muitos grupos de leitores que participo, achei interessante a sinopse e decidi que valeria o risco ler. Valeu, mas a experiência foi bem diferente do que eu esperava.

Kiss me… conta a história de Gwen e Connor, eles estão casados mas vivendo separados, com ela em outra cidade. Ao receber uma ligação dele pedindo que ela retorne, supomos que seja para acabar legalmente com o casamento. Ela volta, mas no aeroporto encontra com uma escritora e no bar elas começam a conversar. Gwen, então vai contando sua história e voltando no tempo para relembrar o que a levou até aquele ponto em seu relacionamento com Connor.

O início de tudo é muito complicado, Gwen está saindo de um namoro conturbado e Connor está na cidade durante as férias da faculdade. A vida dela é uma bagunça e tudo piorou quando seu longo namoro terminou, ela entra num período um tanto destrutivo, a verdade é que ela está tentando sobreviver. Quando Connor chega, a impressão que temos é que as coisas vão melhorar e o conto de fadas vai acontecer.

Não é bem assim.

Gwen e Connor são um casal que nunca estão exatamente na mesma página. Quando um está no auge do amor, o outro não está. Então vamos vê-los em uma gangorra de sentimentos e nunca exatamente em um equilíbrio. Os anos vão passando, eles entram em outros relacionamentos, mas algo ainda os liga, então eles nunca estão verdadeiramente separados. Até culminar no ponto atual, prestes a se divorciar.

O que acontece em seguida, vocês descobrirão ao ler rsrsrs.

Mas como eu disse, esse livro é manipulador. A Gwen é uma escritora, então fica a nosso cargo confiar em suas palavras ou não. Nós também temos alguns pontos de vista do Connor, o que foi ótimo porque me levou a sentir um pouco menos de pena dele por tudo o que acontece no livro rs. Sim, ele não era um anjinho…

Confesso que finalizei o livro sem a certeza de ter gostado dele, ou seja, não gostei rs. O final me surpreendeu, mas não positivamente, fui manipulada e não gostei da experiência. Foi broxante e por isso 3 estrelas. Vou deixar para vocês tirarem suas próprias conclusões após finalizarem a leitura. Se forem ler, não criem grandes expectativas.

Até breve!

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário