drama

Resenha #271 Dear Aaron

Por Barbara em 29 maio • 2019
drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019
13out • 17 Literatura Nacional

Resenha #205 Nunca Olhe Para Dentro

Título: Nunca Olhe Para Dentro
Autor: Amanda Ághata Costa
Editora: Independente
Gênero: Romance 
Páginas: 482
Classificação: 4 estrelas
Formato: Ebook

Adquira: http://amzn.to/2xCaqKR

Sinopse: Nem sempre a vida é colorida como um quadro ou suave como uma pincelada, às vezes é o contrário de tudo isso. Depois de perder os pais em um acidente de carro aos oito anos, a única coisa que Betina precisa fazer é encontrar o responsável por ter destruído sua família na noite que daria início à sua próspera carreira como pintora. Agora, longe dos pincéis e das paletas, ela está focada em terminar a primeira graduação e procurar na justiça um pouco de consolo para o caos que o seu passado ainda traz. Ao lado de seus amigos e sob o teto de uma tia que a detesta, ela perceberá de que cores as pessoas são feitas, e do quanto é realmente necessário olhar para dentro de tudo aquilo que a assombra, mesmo que para isso precise passar por uma inesperada decepção.
“A vida pode ser um belo quadro, 
se você souber pintá-lo com o pouco que tem.”
 Esta é a história de Betina, uma estudante de psicologia que perdeu seus pais muito nova e enfrenta as consequências do desastre até hoje. Ela era um prodígio, com um futuro brilhante à frente como pintora, mas após a morte dos pais, sua vida muda drasticamente e as cores foram roubadas de sua vida à força. Nossa mocinha tem uma tia, seu único parente vivo, que considera sua existência uma afronta à humanidade e faz de tudo para que a vida da garota seja um inferno. E ainda acha que isso é muito pouco perto do que Betina realmente merecia.

Apesar do luto constante e das loucuras e ódio da tia, Betina tem dois melhores amigos que tornam sua realidade suportável. Paola e Caio sempre estão lá para ajudá-la no que for preciso e sempre a defendem como podem. Eles são seus únicos amigos e entendem a dor que ela sente constantemente e, apesar de não concordarem, sabem o quanto é importante para a garota encontrar o responsável pelo acidente. Betina faz disso sua missão e jamais desiste de encontrar o culpado por tirar seus pais de sua vida. O que ela não tem tempo e não procura é romance. E é exatamente o que ela encontra em Nicolas, o médico super gato que conhece em seu estágio. O boy magia é exatamente isso, minha gente, pura e maravilhosa magia. É impossível acreditar que alguém como ele existe, e com toda a confusão que insiste em segui-la por onde vai, Betina tenta afastá-lo a todo custo. Posso confessar que ela falha miseravelmente.
O problema é que a garota esconde coisas de todos. Cicatrizes que não existem apenas na alma, mente e coração, mas em seu físico também. Ela pensa que ao esconder de seus amigos e de Nicolas, e enfrentar seus piores medos sozinha, estará protegendo-os, mas será que ela consegue ser forte o bastante para sobreviver?
NOPD é um romance nacional que irei indicar durante muito tempo. Não somente a autora tem um potencial gigantesco e que deve ser reconhecido por este país, como criou uma obra com uma mensagem encorajadora e que deve ser passada para TODOS. Gostei da forma como ela incorporou o tema polêmico à história, embora tenha sentido o enredo um pouco lento e demorado. Este fato, porém, não desmerece a beleza da história.
Os personagens foram muito bem construídos, embora eu me irritasse um pouquinho com a Betina, para ser sincera. O que não posso dizer é que ela era dramática, porque eu nunca estive em uma situação como a dela, por isso não acho que era drama. É apenas uma cisma que tenho com a maioria das mocinhas de todos os livros que leio. Ainda sobre os personagens, posso dizer que amei a construção da amizade entre Paola, Caio e Betina. Era tão sincero que me trouxe às lágrimas várias vezes. E me fez lembrar um pouco de meus próprios amigos.
“Nós somos o trio mais problemático que a Terra já conheceu, 
mas ainda assim, somos perfeitos do nosso jeito.”
 
“Meus próprios amigos me sabotam. 
Eles são uns bichinhos terríveis.”
 
“Os unicórnios vingadores não podem ser atingidos, garota. 
Nossa missão é deixar o universo com mais brilho e mais cor.”
Enfim, já deu para perceber que o ponto alto do livro foi a amizade desses três né? Sério, é lindo de ver. No entanto, preciso comentar sobre o Nicolas #suspira.  “É admissível sentir os pés nas nuvens, quando você nem saiu do chão?” Sei exatamente o que você quer dizer, Betina. Ah como eu sei! Nicolas é um mocinho apaixonante, galera. Vi várias qualidades dos mocinhos da Colleen que eu tanto amo nesse garoto. Preparem-se para derreter.  Enfim, amei tudo nele, mas o que mais gostei foi como fez com que Betina percebesse que podia, sim, enfrentar seus piores medos e sair vitoriosa e além disso, mostra-la que jamais estaria sozinha e que ela não precisava viver pensando dessa forma. Outra coisa que amei foi como Betina via o mundo através das cores e Nicolas, através da música. E juntos eles se completavam.
Ah, meu povo, eu poderia ficar aqui falando dos pequenos detalhes que conquistaram as quatro estrelinhas que vocês viram lá na classificação, porque são muitos. E sabe, são os pequenos detalhes que tornam esta obra genial. E é a mensagem que este livro passa que me faz amá-lo.
Bom, é isso. Super indico. Em um mundo tão conturbado, é bom dar de cara com uma história sobre amizade verdadeira, amor e superação. Porque, como a autora mesmo diz, “o mundo precisa de mais cor”. Adquira o seu no link que se encontra nas informações e prestigie nossos autores. Eles são tão bons, ou melhores, quanto os de fora. Descubram isso e apreciem. E divulguem a história de Betina. Tenho certeza que muitos entenderão que existem pessoas dispostas a ajuda-los a enfrentar as dificuldades e colorir novamente suas vidas.
“Se eu puder, vou te dar todas as cores que escolher, 
não importa quais sejam. Todas elas serão suas. 
Porque você merece, Betina. 
Você merece um arco-íris inteiro.”
“Olhe para dentro. Sempre.”
 

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário