drama

Resenha #380 Pachinko

Por Barbara em 25 set • 2021
12dez • 20 adulto, Barbara Elsborg, Cherish Book Br, drama, literatura estrangeira, Resenhas de Livros

Resenha #337 Desconhecidos

Título: Desconhecidos
Autor: Barbara Elsborg
Editora: Cherish Books Br
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Drama
Páginas: 482
Ano: 2020
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Kate Snow já está cansada de bad boys, até que um mergulho no oceano a coloca em rota de colisão com um homem ao qual ela não pode resistir. Charlie Storm transforma o conceito de bad boy em uma arte. Ele é um famoso astro do cinema cujos demônios interiores o enviam direto para o mar, em uma tentativa de suicídio. A última coisa que ele espera fazer antes de morrer é esbarrar em uma mulher com o mesmo propósito. Quando os mundos desses dois estranhos se encontram, suas vidas são reviradas. Ao sobreviver às ondas, eles descobrem que não conseguem ficar separados, dentro ou fora da cama. Kate aproveita a chance de felicidade, vendo em Charlie um homem em quem finalmente pode confiar para amá-la. Charlie não pode deixar Kate porque ela é a única mulher capaz de ver o homem que ele quer ser. Mas o preço da fama é alto e o mundo inteiro parece disposto a tentar separá-los.

Indicado para 18+

Eu comecei a ler esse livro pura e simplesmente pela autora ser minha xará rsrs. Sempre pesquisei autoras com o mesmo nome que o meu, mas acho que nunca resenhei aqui. Gostei muito da premissa de Desconhecidos e não pude deixar passar.

O livro conta a história de Kate e Charlie, eles se conhecem em um momento de puro desespero. Kate tinha sido abandonada por seu noivo no dia do casamento e descobriu que tudo não tinha passado de uma aposta tramada entre o noivo e seus amigos, pura maldade galera. Em um momento de desespero e juntando tudo o que ela já tinha sofrido ao longo da vida, ela percebe que prefere não estar mais viva e se lança nas ondas do mar. Imaginem sua surpresa ao se deparar com Charlie na mesma situação que a sua…

Charlie é um ex cantor e atualmente um ator muito famoso, famoso principalmente por estar na mídia pelos motivos errados. Após se envolver em uma situação que poderia leva-lo para a prisão, ser abandonado pelo agente e não encontrar muito mais sentido em tudo o que faz, decide colocar dar fim a própria vida no mar. Onde encontra Kate.

Após esse encontro, eles se tornam inseparáveis. Charlie fica no apartamento de Kate e eles passam a conviver e se conhecer. A Kate tem um humor muito inteligente, ela é atrevida e engraçada, nunca dá as respostas esperadas e ajuda muito a manter o ego de Charlie reprimido rsrs. De cara o Charlie se sente atraído por Kate e o que mais deseja é que eles durmam juntos, mas nossa mocinha não é facilmente convencida a isso, então temos um jogo bem interessante de sedução durante esse período no apartamento de Kate.

Claro que essa lua de mel não poderia durar para sempre, a vida e a realidade batem à porta e eles precisam enfrentar e lidar com tudo. O mundo artístico na Inglaterra é tão complicado quanto em Hollywood, o Charlie não tem uma boa reputação e a Kate é cheia de segredos, quando o relacionamento deles vem a público e tudo é exposto, eles precisam decidir o que é melhor para ambos e se confiam um no outro verdadeiramente.

Gente, eu amei esse livro. Preciso deixar isso bem claro, eu amei esse livro, mas isso não me impediu de ver os diversos problemas. Vou pontuá-los a seguir.

O Charlie é muito babaca em diversos momentos, ele não merece a Kate. Ele tem uma atitude no livro que quase me fez abandonar a leitura, achei desnecessário a autora ter feito isso. Ambos tem muitos problemas para serem resolvidos e ao contrário do pregado no livro, eu acredito firmemente que as pessoas precisam procurar ajuda especializada para resolver suas questões internas. Não tem essa de colocar suas esperanças e amor em outra pessoa e que as coisas vão se resolver e você vai ficar psicologicamente saudável. Não, só não. Isso só acontece nos livros. Em caso de necessidade, busque ajuda especializada.

A Kate é aquela mocinha que só acontece desgraça com a coitada, ao longo de toda a vida é decepção atrás de decepção e é difícil para qualquer pessoa. Mas ainda assim ela consegue sonhar e eu a admirei muito por isso. Novamente, o Charlie não a merece. Tem altas doses de maldade nesse livro, pessoas maldosas e tramando o mal gratuitamente, triste mas como é um livro, temos uma reviravolta e o bem vence rsrs.

Tem final feliz, eu gostaria de mais páginas para apreciar a felicidade dos dois, porque apesar dos pesares, o Charlie também merecia ser feliz. Enfim, fica a dica pessoal. Leiam e me contem o que acharam depois.

Até breve!

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário