adulto

Resenha #324 Drive

Por Barbara em 28 jul • 2020
05jun • 14 Cassandra Clare, lançamento, resenha

Resenha #30 Cidade do Fogo Celestial (Os Instrumentos Mortais #6)

Título: Cidade do Fogo Celestial
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record

Classificação: 5 estrelas.

Sinopse: ERCHOMAI, Sebastian disse. Estou chegando. Escuridão retorna ao mundo dos Caçadores de Sombras. Enquanto seu povo se estilhaça, Clary, Jace, Simon e seus amigos devem se unir para lutar com o pior Nephilim que eles já encararam: o próprio irmão de Clary. Ninguém no mundo pode detê-lo — deve a jornada deles para outro mundo ser a resposta? Vidas serão perdidas, amor será sacrificado, e o mundo mudará no sexto e último capítulo da saga Os Instrumentos Mortais.
 
“Heróis não são os que sempre vencem,” disse ela. 
“Algumas vezes, eles são os que perdem. Mas eles continuam 
lutando, continuam voltando. Eles não desistem. 
Isso é o que os torna heróis.”

 

“Você já sentiu como se seu coração estivesse tão cheio que, com certeza, ele iria partir?” 

Não poderia começar essa resenha/declaração de amor de forma melhor, do que com uma citação do próprio livro. É exatamente assim que a leitura desse livro nos faz sentir, e agora, após o termino, tudo que eu sinto é um vazio. Lembro que assim que terminei o livro, pude sentir meu coração partindo.

City of Heavenly Fire traz de volta Jace, Clary, Magnus, Simon, Isabelle e tantos outros velhos amigos, de quem sentimos tanta saudade. Traz também personagens novos, que nos conquistam logo de cara. Aqui vemos Sebastian tocando o terror na vida dos Caçadores de Sombra, e o esforço e sacrifício que nossos queridos personagens são obrigados a fazer para salvar o mundo.
Cassandra Clare, pelo que percebi, tem um jeito bem peculiar de terminar suas séries. O mesmo sentimento que tive quando terminei As Peças Infernais me consumiu neste livro.  Você será surpreendido várias vezes, irá derramar infinitas lágrimas, irá gargalhar com o Jace, com Alec (que eu comecei a gostar mais nesse livro). Podemos compreender o que é realmente amar, ser amado, ser um verdadeiro HERÓI. Aqui você verá mais uma vez uma lição de amizade verdadeira.
Sim, eu sei, você está se perguntando: “E A HISTÓRIA?”. Meu caro amigo, acho melhor deixar você desfrutá-la sem a minha ajuda, porque os detalhes são irrelevantes nesta resenha. Tudo o que importa é que quem já é apaixonado pela série, irá ficar completa e desesperadamente apaixonado por esse final. Quem ainda não leu a série: O QUE VOCÊ ESTÁ ESPERANDO? Corra e leia, vale muito a pena. Quem leu e achou milhões de defeitos, eu tenho duas opções: LEIA NOVAMENTE e dê uma chance para o seu coração se apaixonar por esses livros, ou NÃO ATRAPALHE ou ESTRAGUE a diversão de quem os ama.
Tags

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário