Agir Now

Resenha #253 Calafrio

Por Barbara em 20 fev • 2019
distopia

Resenha #250 Scythe

Por Raquel em 13 fev • 2019
Charme

Resenha #247 Egomaníaco

Por Barbara em 06 fev • 2019

Posts arquivados em: Tag: Beautiful Redemption

30jan • 15 Jamie McGuire, new adult, resenha

Resenha #78 Beautiful Redemption (The Maddox Brothers #2)

Título: Beautiful Redemption (The Maddox Brothers #2)
Autor: Jamie McGuire
Editora: CreateSpace Independent Publishing
Páginas: 266
Gênero: New Adult

Classificação: 3 estrelas

Sinopse: Se um garoto Maddox se apaixona, ele ama para sempre. Mas e se ele não te amasse primeiro?
Liis Lindy é uma agente do FBi que não está de brincadeira. Decidida de ela é casada apenas com seu trabalho, ela termina seu noivado e é transferida de Chigago, para o centro de operações de San Diego. Ela ama sua mesa. É comprometida com seu laptop. Sonha com promoções e apertar as mãos do diretor após resolver um caso impossível.
Agente Especial no Comando, Thomas Maddox, é arrogante, não perdoa com facilidade, e cruel. Ele é encarregado da prisão de alguns dos criminosos mais barra pesada do mundo, e é um dos melhores que a agência tem. Ainda assim, por mais que tenha salvado muitas vidas, há uma que está além de seu alcance. Seu irmão mais novo, Travis, irá enfrentar um tempo na prisão por seu envolvimento em um incêndio de um porão que matou vários estudantes, e a mídia quer uma condenação.
Liis é teimosa, desafiante, e ainda assim, de alguma forma, ela consegue suavizar as asperezas de Thomas, tornando-a a agente perfeita para acompanhá-lo à cerimônia. Fingindo ser um casal, eles precisam ir até a renovação dos votos de Travis e Abby na praia, e dar as notícias à Travis, mas quando o fingimento acaba, ela se pega perguntando se eles estavam mesmo fingindo.
 
No segundo volume da série dos Irmãos Maddox, experimente em primeira mão o mundo do esquivo Thomas Maddox, e quão bom o amor pode ser quando você não é o primeiro, mas o último.
 
“Você pode amar alguém sem querer estar com ele.
Assim como você pode querer estar com alguém antes de amá-lo.”

Continue lendo