best

O Melhores de 2017 #Top3

Por GeL em 15 jan • 2018
15jan • 18 best, best book, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, mistério, new adult, Romance

O Melhores de 2017 #Top3

Chegou o momento de elegermos os melhores de 2017, então se liga aí no top 3 das nossas melhores leituras do ano!

 

 

1. Estrela da Manhã

Esse livro, essa trilogia… é simplesmente sensacional! Eu lia e surtava a cada página e novo acontecimento, é uma trilogia que você definitivamente precisa dar um chance. Quer emoção? Então leia a trilogia Red Rising. Ah, tem resenha dos três livros aqui no blog. Clica no link aí confere.

2. Uma Tocha na Escuridão

Esse livro está aqui por motivos de Helene Aquilla. Sério, eu lia os caps dela e só queria aplaudir de pé, amo com força! Também tem resenha e você precisa ler e conhecer a série Uma Chama Entre as Cinzas.

3. A Revolução dos Bichos

Sabe aquele livro que foi escrito no século passado, mas parece que foi escrito ontem? É a Revolução dos Bichos. Sensacional, cada página me pegou de tal forma que eu realmente aplaudi quando terminei e indiquei para vários amigos. Não tem resenha dele aqui no blog, mas esse é um livro que todos deveriam ler. Vou deixar a sinopse logo a seguir para vocês conferirem.

Sinopse: Verdadeiro clássico moderno, concebido por um dos mais influentes escritores do século 20, ‘A Revolução dos Bichos’ é uma fábula sobre o poder. Narra a insurreição dos animais de uma granja contra seus donos. Progressivamente, porém, a revolução degenera numa tirania ainda mais opressiva que a dos humanos. Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista.

De fato, são claras as referências: o despótico Napoleão seria Stalin, o banido Bola-de-Neve seria Trotsky, e os eventos políticos – expurgos, instituição de um estado policial, deturpação tendenciosa da História – mimetizam os que estavam em curso na União Soviética. Com o acirramento da Guerra Fria, a obra passou a ser amplamente usada pelo Ocidente nas décadas seguintes como arma ideológica contra o comunismo. O próprio Orwell repetiria o mesmo gesto anos mais tarde com seu outro romance 1984, finalizado-o às pressas à beira da morte para que o mesmo service de alerta ao ocidente sobre o horrores do totalitarismo comunista.

É irônico que o escritor, para fazer esse retrato cruel da humanidade, tenha recorrido aos animais como personagens. De certo modo, a inteligência política que humaniza seus bichos é a mesma que animaliza os homens. Escrito com perfeito domínio da narrativa, atenção às minúcias e extraordinária capacidade de criação de personagens e situações, A revolução dos bichos combina de maneira feliz duas ricas tradições literárias: a das fábulas morais, que remontam a Esopo, e a da sátira política, que teve talvez em Jonathan Swift seu representante máximo.

 

 

1. Merlin. A Caverna de Cristal

Na Bienal de 2017 vi a trilogia em promoção mas não tinha o primeiro livro, sorte porque depois fiquei sabendo que uma outra editora iria publicar uma nova edição. Comprei então pela Cavaleiro Negro. Foi ótimo ler um livro narrado por Merlin desde a infância até a coroação de Uther. Uma escrita instigante e uma outra olhada nessa
história tão conhecida, recomendo muito.

 2. A Bússola de Ouro

A espera valeu a pena rs, sempre quis ler a trilogia que muita gente comenta mas detestava a edição disponível, além de ser bem cara. Então resolvi esperar e pra minha alegria saiu ano passado. O mundo criado por Philip é incrível, a existência dos dimons, bruxas e ursos falantes. Eu já tinha visto o filme então o final do livro me deixou sem chão, dei uma revoltada e fiquei bem dividida, aquele não sei bem se gostei kkk. Vejo como uma história para adultos fantasiada de infanto juvenil. Já comprei o segundo da série pois quero ver onde esta história quer chegar.

3 . Eleanor & Park

Eleanor & Park foi uma delícia de ler, romance fofo e veio pra me salvar de três meses sem ler nada. Não vou falar mais, tem resenha minha e da Ba, aliás a primeira do ano.

Menção Honrosa

Para Cinderela Chinesa, um relato real sobre a vida de uma criança excluída da própria família. Triste e revoltante. Foi a leitura escolhida em Junho para o projeto Leia Mulheres aqui em Juiz de Fora.

 

 

 

1. Without Merit, Colleen Hoover

Colleen roubou a cena mais uma vez. Essa mulher me inspira e esse livro, nossa… Temas atuais e que precisam ser discutidos. Personagens apaixonantes e imperfeitos e humanos e reais. Olha, eu poderia ficar aqui falando eternamente, mas leia a resenha e, se possível, o livro.

2. ‎As Cordas Mágicas, Mitch Albom

MEU DEUS. Música e literatura, que combinação perfeita. É melhor que muito clássico por aí… pode me chamar de herege. É a mais pura verdade! Tem resenha também…

3. ‎Valsa Maldita, Tess Gerritsen

Primeiro livro que li dessa mulher. Por que eu nunca li nada dela antes? Que genial! E mais uma vez mistura música e violino ainda. Tem história, tem mistérios e lendas. Faz você pirar! Recomendo… se não for pra te deixar em frangalhos, não vale a pena.
Tem resenha também.

 

É isso pessoal, e como foram as leituras de vocês em 2017? Conta aí pra gente seu top 3 também.

Até breve o/

Garotas Livros
GeL

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário